Auto-exame da pele obrigatório mesmo no outono e inverno

O aumento da frequência do Cancro da Pele é hoje uma realidade mundial. Depois do verão, esteja atento aos novos sinais e às manchas do rosto e do corpo.

Com o início do outono e o fim do calor chegam os dias curtos e rotineiros e os agasalhos, mas os cuidados e o autoexame da pele devem manter-se. No inverno ou no verão, na praia, no campo ou na cidade, em dias de sol ou nublados, a radiação ultravioleta existe. Manuel Calixto, Dermatologista da Lifeclinic®, explica que as nuvens, mesmo as mais opacas ou cinzentas, apenas filtram a radiação infravermelha, aquela que dá a sensação de calor. O mesmo não acontece com a radiação ultravioleta A e B, que consegue atravessar qualquer nebulosidade.

A pele e o ar livre: Uma convivência saudável
Portugal é um país de sol. Este clima favorece as actividades de lazer e de desporto praticadas ao ar livre durante todo o ano. No verão, são cerca de 850 km de costa litoral, uma área imensa de lazer, totalmente gratuita, procurada por quem quer descansar, refrescar-se ou divertir-se com os amigos.

Hoje em dia salientam-se mais os perigos do sol que os próprios benefícios, contudo estes também existem.

O sol é essencial à existência do ser humano, aquece-nos, e influencia directamente os nossos estilos de vida. A exposição à radiação ultravioleta exerce uma acção anti-raquítica, pela síntese de vitamina D na epiderme, tem efeitos anti-depressivos e de regulação dos ciclos diários, calóricos devido aos raios infravermelhos, favorece a circulação sanguínea e actua no tratamento de algumas dermatoses.

No entanto, é necessário proteger a nossa pele de uma exposição solar exagerada e das suas consequências. Os efeitos benignos não devem ocultar os efeitos nefastos que, como muitos outros, dependem exclusivamente da dose, neste caso, de radiação ultravioleta.

Devemos, conciliar o prazer que o sol nos traz com a nossa saúde. Esta não depende só da nossa herança genética mas também dos nossos comportamentos e hábitos de vida, do ambiente físico e social em que nos encontramos e da oferta de cuidados de saúde tanto preventivos como curativos de que dispomos.

Auto-exame acompanhado para quem tem necessidade
Durante 12 dias, entre 15 e 30 de Setembro, o serviço de Enfermagem Permanente da Lifeclinic® sob a orientação do seu Dermatologista associa-se à Unidade de Saúde Familiar (USF) Cidadela do Centro de Saúde (CS) de Cascais e promove uma acção de pedagogia, rastreio e detecção precoce do Cancro da Pele.

A administradora da Lifeclinic®, Paula Sant'anna Ferreira, esclarece que "durante este período iremos dar informação ao público em geral acerca desta doença e, detectar e encaminhar gratuitamente pessoas com lesões pigmentadas". Como explica Sónia Leal, Coordenadora da USF Cidadela do CS Cascais, "estas iniciativas são fundamentais para a prevenção primária e diagnóstico precoce de melanomas e carcinomas".

Para evitar ter que esperar efectue a sua marcação entre as 8.30h e as 21.00h presencialmente ou pelo telefone 211 914 322 na recepção da Lifeclinic®.


O QUE É?
Trata-se de um tumor formado por células da pele que sofreram uma transformação e multiplicam-se de forma anormal dando origem a um novo tecido (neoplasia).

O melanoma, o tipo de Cancro de Pele mais grave, continua a aumentar em toda a Europa e Portugal não é excepção. Os dermatologistas estimam que este ano, em cerca de dez mil novos casos de cancro de pele diagnosticados, mil sejam melanomas.


CAUSAS
Apesar de existirem outros agentes que podem desencadear a doença, como os genéticos, a sobreexposição crónica à radiação ultravioleta do sol continua a ser uma preocupação para os especialistas, que sublinham predispor o início desta transformação celular.

O Cancro cutâneo atinge principalmente as pessoas de pele branca, que se queimam com facilidade e nunca se bronzeiam ou se bronzeiam com dificuldade (fotótipo I e II). Cerca de 90% das lesões localizam-se nas áreas da pele que ficam expostas ao sol, o que mostra a importância da exposição solar para o surgimento deste Cancro. A protecção solar e o rastreio são, portanto, os principais meios a usar na prevenção primária e diagnóstico precoce da doença.


É DOS CANCROS QUE MAIS MATA?
Segundo o Dr. Manuel Calixto "apesar do melanoma representar apenas cerca de 10% dos tumores cutâneos, é responsável por mais de 90% das mortes." Todos os anos, estima-se que morram mais de 200 pessoas em Portugal devido a esta doença que pode demorar 10 ou mesmo 20 anos a manifestar-se.

Este especialista explica que a situação actual resulta de "erros consecutivos de sol apanhado no passado" e que "para já resta-nos ajudar a desenvolver uma consciencialização colectiva acerca desta temática, agindo nos factores determinantes da saúde, apelando à prevenção e ao diagnóstico precoce que salva vidas".


COMO ME PROTEGER?
Use sempre um filtro solar com factor de protecção solar igual ou superior a 15, aplicando-o generosamente pelo menos 20 minutos antes de se expor ao sol e reaplicando-o após mergulhar ou transpiração excessiva.

Recorra ao uso de chapéus e guarda sóis, que bloqueiem a passagem do sol e mesmo assim use filtro solar porque parte da radiação ultravioleta reflecte-se na areia atingindo a pele.

Evite o sol no período entre as 10 e as 16 horas e conheça o seu fotótipo.

Comece a proteger-se o quanto antes. Cerca de 75% da radiação solar recebida durante a vida ocorre nos primeiros 20 anos e os efeitos da radiação ultra-violeta só se manifestam com o passar do tempo. As lesões começam a aparecer na maior parte das vezes por volta dos 40 anos. Portanto, proteja as crianças e ensine os adolescentes a protegerem-se.

Uma grande maioria dos casos de cancro de pele localizam-se no rosto, proteja-o bem. Não se esqueça de proteger também os lábios e orelhas, locais comummente afectados pela doença.

Faça o auto-exame da sua pele regularmente e procure um dermatologista se existem manchas que se modificaram na sua pele, formando descamação na superfície, sangrando com facilidade, feridas que não cicatrizam ou lesões de crescimento evolutivo.

Fica o alerta, trate de si e da saúde da sua pele. Siga o conselho dos especialistas.  

Visite anualmente o dermatologista para uma avaliação profissional e tratamento de eventuais lesões pré-cancerígenas. Venha realizar o seu auto-exame acompanhado gratuitamente na Lifeclinic® entre o dia 15 e 30 de Setembro.

Este artigo foi publicado na Revista Golden News de Cascais nº 17 de 10 de Setembro

Clínica
Serviços
Horários
Notícias
Acordos
Contactos

Av. Gonçalo Velho Cabral, 194 - r/c
Bº do Rosário | 2750-364 Cascais
2ªfeira a 6ªfeira das 8h30 às 21h00
Sábados sob marcação


E-mail: info@lifeclinic.pt
Tel: 21 191 43 22 / 25
Fax: 21 191 43 19
© 2017 Lifeclinic. Todos os direitos reservados.
DesenvolvimentomediaFoundry